sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

O que seria aproveitar a vida ?

Geralmente quando as férias chegam as pessoas pensam que devem é "aproveitar a vida". Hoje pensei sobre isso. O que seria aproveitar a vida ? Seguir normas ou regras do que é realmente bom para si ou ir atrás do que os outros dizem que se deve fazer. A maioria das vezes ninguém se questiona muito. O aproveitar a vida se transveste em comprar a roupa da marca (mesmo que para isso fique meses fio pagando o cartão de crédito), sair para a balada (nem que esteja com dor de cabeça ou no pé), ir para praia (ainda que o trânsito esteja engarrafado pois todo mundo decidiu ir na MESMA hora!). Enfim.
Talvez eu seja alvo de piada ou preconceito ao afirmar que adoro aproveitar a vida simplesmente lendo. Sim, estava na companhia maravilhosa de Machado de Assis (adoro seus contos) e Lya Luft (lendo as crônicas). O sol está radiantemente magnífico lá fora. Estou na Ilha Mágica do Brasil (Florianópolis). Muitos devem achar loucura não aproveitar um dia assim para estar na praia. O problema é que nem sempre o que é tido como bom é aquilo que realmente você quer fazer. Poucos encaram de frente estas imposições. É difícil seguir certas convicções num mundo tão pressionado pelos modismos e convenções banalizadas. Os que conseguem são excessão e motivo deste texto.
Então quero parabenizar aqueles que não se deixam manipular facilmente. Os que seguem seus corações em prol do próprio bem-estar. Os que aproveitam a vida sob diferentes focos. Como os decidem ir para balada apenas para ouvir a música (e não estão nem aí para cantadas ou para "fisgar" alguém). Os que vão para a praia mas que tem o intuito de contemplar o mar ou simplesmente caminhar na beira da areia. Os que aproveitam a vida fazendo trabalho voluntário, pelo simples prazer de ver o outro sorrir. Ou os que como eu adoram ter um pouco de solidão e silêncio para ler os autores favoritos .
O importante é se conscientizar que aproveitar a vida pode ter um viés diferente do que é apresentado na sociedade como bom, maravilhoso, na moda. Acredito não estar enganada neste sentido. Ou o que seria aproveitar a vida ?

3 comentários:

Pham s2 disse...

Achei muito interessante seu texto e os argumentos que expressou, nele você diz que pode até ser alvo de piadas, mas “fala serio” cada um tem seu jeito de viver, e viver bem. Admito que adoro passar um tempo sozinha lendo, ou de passar minhas tardes com minha família, seja na praia, ou em casa jogando o “bom e velho” xadrez. Do ponto de vista dos colegas que tive ao longo da minha vida não aproveito a vida, mas eu sou feliz e no final não é isso que importa?

andressacf disse...

Sim, é isso que importa Phamela. Parabéns pela autenticidade de atitudes e escolhas. Beijo !

Adriano disse...

Fazer o que o interesse instigar sem se preocupar com convenções, opiniões, tachações, etc.
Se tivermos prazer no que fazemos e a consciência que não estamos passando por cima de ninguém eu acho que estamos aproveitando a vida, independente de que fazemos.

O sinônimo da palavra AMOR

Acredito que a palavra “MÃE” deve ser uma das mais ditas em cada língua neste mundo. Não tem como negar que a mãe é a pessoa que possui o no...