domingo, 31 de outubro de 2010

A vida é a arte da ironia ?


A escolha eleitoral caiu coincidentemente no dia 31/10/10 que ironicamente foi adotado também como o "Dia das Bruxas"por aqui.
Aprendi a desvelar a ironia existente na vida e nas atitudes das pessoas ao meu redor após perceber este traço característico na literatura machadiana. O grande mestre Machado de Assis soube como ninguém demonstrar o quanto a sociedade tem traços de hipocrisia através das atitudes por vezes irônicas das personagens. A ironia da vida está presente nos diversos contos publicados como "A Missa do Galo" ou famosos romances realistas como "Capitu" ou "Helena".
Porém, sei que a grande maioria dos brasileiros nem sabem quem foi "Machado de Assis" ou mesmo teve ou tem acesso aos textos da nossa melhor literatura. Porém, isto não parece ser preocupante. Apontam outros problemas no país como o gerado nestas eleições.
Há um enorme contingente de brasileiros que se indigna ferrenhamente com a escolha do palhaço Tiririca para deputado federal com mais de um milhão e meio de votos. A Justiça tenta agora desqualificar a legitimidade destes votos ao procurar provar que o candidado é analfabeto. Cabe perguntar então porque deixaram ele se candidatar ? As pessoas que votaram nele terão seu direito de escolha violado ? Este é o reflexo da sociedade brasileira. Doce ironia.
Questiono porque a Justiça não apresenta então um projeto de intervenção para de fato fazer algo que venha a modificar a realidade educacional do país. É visível que estamos reproduzindo modelos falidos de Educação. Analfabetos funcionais. O Tiririca é produto deste sistema assim como milhões de outros brasileiros.
Neste julho de 2010 ao estar no Rio de Janeiro e mais precisamente na orla de Copacabana, indaguei para um carioca onde estaria a estátua do grande poeta "Carlos Drummond de Andrade" e ele respondeu espantado com outra pergunta "Quem ?" e continuou "Olha moça se é a estátua de um velhinho careca que todo mundo tira foto é só andar mais duas quadras...". Esta é a ideia que muitos brasileiros tem de seus pares intelectuais- nenhuma. É muito triste. Há brasileiros que por suas obras, atitudes e valores mudaram paradigmas. E a sociedade brasileira como um todo é privada de saber deles. Cito Drummond, Machado de Assis, Cecília Meireles, Paulo Freire, Betinho. Etc.
É lastimável a constatação das ironias existente num país de desiguais sabedorias. Que este dia das Bruxas deixe a magia da Esperança não se esvair no ar pelo "ralo" de mais uma Eleição. Ou a vida é mesmo a arte da ironia ?

19 comentários:

Gustavo disse...

texto maravilhoso

Livia disse...

Temo pelo nosso futuro tb, Dê. Meu peito aperta só de pensar nesse sistema educacional que nos empurram goela a baixo. E esse sentimento que já carregamos conosco, que é o de impotência, aumenta quando dizem que nós professores é que somos os grandes culpados de todo esse vulcão de confusões. Espero que esse mandato seja de realizações na área em que nós queremos que seja tratada com mais carinho e que se olhada com carinho dará maravilhosos frutos.

Abraço,

Livia.

Anônimo disse...

Muito bom. Teria tanta coisa pra comentar, mas nem sei exatamente por onde começar. Verificar o grau de inconsciência da população brasileira é algo que me aborrece. Ver pessoas comemorando por poder se regalar com migalhas é algo que me deixa numa profunda melancolia. Agora, passar por três meses de campanha política com debates absurdamente rasos, superficiais, despolitizados, medíocres mesmo, é algo que faz quase entrar em desespero. Espero que dias melhores venham para a sociedade brasileira, e não apenas o grande entorpecente do consumo.

Abraço.
D

Nine Tails disse...

É triste ter que saber que nem metade da população brasileira conhece o maior escritor do país Machado De Assis, e a reflexão disso é oque vemos nos dias de hoje na política como foi citado e na educação brasileira que parece cada dia piorar mas oque pode se esperar se nas eleições ate analfabetos se candidatam.
Nome :Marcos
Turma:122

Anônimo disse...

o texto fala a realidade do nosso país. as pessoas estão ficando cada vez mais ignorantes, não conhecem os maiores autores de seu país, até a politica virou uma palhaçada.
abraços
DALTON 0122

Anônimo disse...

interessante mais um pouco confuso. No começo falace da injustiça com um candidato eleito( não o aceitam porque é palhaço?) e querem violar votos dos seus eleitores,depois falace do pouco caso da população brasileira sobre nosso grandes nomes tanto na literatura como em outras áreas (não me excluo desse grupo).

Pedro
122

Daniel disse...

É verdade, na educação de hoje em dia, se não encinam a aos alunos sobre os escritores da literatura brasileira imagine se comentam sobre a política nas salas de aula.

Nome: Daniel Franzoni
Turma: 122

Mauro - 0122 disse...

Bom concordo que não possuir muito conhecimento da nossa literatura é um problema, mas em uma eleição há problemas, de certa forma mais grave, a serem citados.
Sim concordo contigo sobre a ideia que os brasileiros tem sobre seus pares intelectuais.
"Esperança" essa palavra que dizes, apenas vem acompanhada de outra chamada "fé", e creio que maioria dos brasileiros votam em seus representantes sem fé.
A vida, na minha opinião, é uma compilação de experiências, sentimentos e atitudes, ironia é parte da vida, mas não ela inteira.

Olga Cavalcanti, Douglas dos anjos disse...

Essa e a triste realidade do nosso Brasil. E nos jovens brasileiros temos o dever de mudar isso , pena que nem todos os jovens tenham essa consciência.

Anônimo disse...

Esses ex-famosos não tem oque fazer,e partem para a política.O pior que o povo por protesto acabam elegendo pessoas que não tem capacidade. Pessoas votam para o candidato que mais irá beneficia-lo e não o melhor para o brasil,justificam seu voto porque não quer viajar 50 km para votar,e não dão valor que deveria para a política,e ainda acha engraçado o candidato falar "pior do que ta não fica"
ah.. mas fica sim.

Nome:Gregory

paulovanzella disse...

no antigos tempos da historia tivemos muito "lideres" e eles não tiveram um bom ensino e educação e não foi por isso que ele não souberam governar uma sociedade. na meu ponto de vista hoje em dia as pessoas avaliam as pessoas se ela possuem um bom ensino boa educação e acima de tudo a sua posição nas classes sociais relativamente ao poder aquisitivo, mas não é por isso que um candidato que não obteve oportunidades será descartado de um cargo tão privilegiado como a de um deputado estadual.
ass: paulo vanzella

FireWolf disse...

Também me entristece o ponto que chega a ignorancia da sociedade. Principalmente o fato de os jovens não levarem o próprio voto a sério, votando em candidatos sem ter idéia das propostas do candidato, desperdiçando seus votos colocando políticos incapacitados para representá-los. Sei que não só os jovens mas muitos dos que votaram foram aqueles que não tiveram uma boa oportunidade de ensino para formar uma opnião politica, mas a maioria não teve interesse em pesquisar as propostas do candidato antes de votar.

Nomes: Alexis Mendes Sequeira
Jhonatan de Freitas Lang
Turma: 122

Heitor 122 disse...

É até difícil acreditar que nosso povo é tão ignorante a ponto de não conhecer Machado de Assis e ainda eleger um analfabeto.
Pensamento do povo:
"Já tem vários palhaços no nosso governo, vamos eleger mais um, vida longa a tiririca." (isso foi mais uma ironia).
Muito bom o texto.
Heitor
122

Marcelo disse...

Bom ver teus alunos a fazer comentários. Sinal de êxito do teu trabalho. Beijo.

rune disse...

É assim que querem tornar o Brasil um país desenvolvido, investem dinheiro em empresas e bancos, mas quando é educação fica para depois. O dia em que a maioria dos brasileiros tiverem uma educação digna e que todos tenham alcance, aí sim, poderemos pensar no BRASIL DESENVOLVIDO.
-
-
122.
Rafael Duarte

assim disse...

É realmente lastimável a "educação" do Brasil. Acho que está tão perdida que nem de educação deveria ser chamada, ignorância expressaria muito melhor. Não só ignorância, são vários e vários fatores, tudo uma grande bola-de-neve.

Grandes Políticos!

Um palhaço se passar por político e Drumond por idoso careca. Que tristeza, que vergonha.
E toda essa podridão não é de agora, há tempos Renato já escrevia da "sujeira social" e de uma tal de esperança, uma esperança falida, assassinada pelo desrespeito da boa classe, da grande minoria.


É assim que o Brasil vai fundo, bem fundo. Na cova mais funda.



Maria Carolina, 123.

Bruna Ariane disse...

Me intristece muito, em saber que os brasileiros da atualidade não sabem quem é Machado de Assis, o grande escritor do nosso Brasil.
E levam até a política na brincadeira, o que queremos ver um Brasil melhor.
Por fim, acho que a maioria das pessoas acham que na vida nós temos que brincar com a verdade.

Aluna: Bruna Ariane de Oliveira
Turma:123

Pham s2 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pham s2 disse...

É realmente triste a realidade educacional do nosso país, porém mais triste ainda é a falta de interesse que nossa juventude tem em buscar conhecimento. Muitos jovens não conhecem Drummond nem Machado de Assis, porque preferiram deixar que pensassem por eles, afinal é muito mais cômodo se deixar influenciar pelas mídias.

Um fator que na minha opinião levou a eleição de mais um palhaço foi que o povo brasileiro não tem consciência de que são diariamente afetados, negativa ou positivamente, pelos políticos que estão no governo do nosso país. Para a maioria das pessoas esses políticos estão longe da sua realidade, e quem são ou o que fazem pouco importa.

Phamela Suely
123

O sinônimo da palavra AMOR

Acredito que a palavra “MÃE” deve ser uma das mais ditas em cada língua neste mundo. Não tem como negar que a mãe é a pessoa que possui o no...